No verão aumentam muito os casos de otites. Isso porque é a época do ano mais quente e que ficamos mais tempo em contato com piscina, praias e ar condicionado. As três principais queixas em relação aos ouvidos nessa época são:

1- Ouvidos entupidos:

È a queixa campeã no consultório. Geralmente é causado por acúmulo de cera dentro do conduto auditivo que, em contato com a água começa a obstruir o canal e causar aquela sensação incomoda e irritativa. Nesse caso o tratamento é rápido e eficiente, sendo basicamente realizado a remoção da cera de dentro do conduto. Isso pode ser feito com lavagem, aspiração ou retirada com pinça específica. a forma de remoção vai depender das características do conduto, da quantidade e consistência da cera. Importante não tentar remover em casa pois podem haver complicações, como perfuração do tímpano ou laceração do canal auditivo externo.

2-Ouvidos coçando:

Neste caso, a principal causa é geralmente a ausência de cera no canal auditivo, ou mesmo alterações alérgicas na pele do conduto que causam descamação,  e também  excesso de limpeza que acaba deixando o ouvido sem a proteção natural. Pode ser resolvido com aplicações de gotas específicas para as alterações vistas no exame físico. Também é de fácil e rápido tratamento.

 

3- Ouvidos doendo:

Aqui a principal causa é a infecção/inflamação do ouvido, que nesta época do ano, acomete mais o canal, causando a chamada otite externa. Devido a umidade excessiva, contato com sol e ar condicionado a proteção natural do ouvido fica comprometida e facilita que haja infecção, que pode ser por fungos ou bactérias. O tratamento geralmente é feito com gotas otológicas. Nos casos mais complicados pode ser necessário medicamentos orais também e as vezes até injetável. Uma limpeza prévia do conduto pode ser necessária antes de começar a medicação.

 

Em todos os casos, deve-se evitar a automedicação, não colocar nada nos ouvidos e procurar atendimento médico especializado.

 

Cuide-se e aproveite o verão.