O exame de vídeo-rinoscopia, também chamado de nasofibroscopia ou endoscopia nasal, é realizado no consultório do Otorrinolaringologista durante a consulta. É introduzido um endoscópio em ambas as narinas para possibilitar a visualização da cavidade nasal e região posterior ao nariz (rinofaringe). Está indicado nos quadros de obstrução nasal, sinusite/ rinossinusite, sangramento nasal, além de ser a melhor forma de avaliar a presença de adenoide e a perviedade das tubas auditivas. Desta forma, ele é capaz de diagnosticar alterações na estrutura do nariz como desvio do septo nasal, presença de pólipos, tumor nasal e hipertrofia de cornetos e adenoide, alterações essas que costumam causar obstrução nasal importante.

O exame de vídeo-laringoscopia também é realizado em consultório médico e tem o objetivo de visualizar as aréas mais inferiores da garganta( laringe). Está indicado nos casos de rouquidão, dificuldade ou dor ao engolir, tosse crônica, sensação de corpo estranho na garganta. É o exame padrão ouro para diagnosticar alterações como presença de tumores de garganta, calos, pólipos, cistos e paralisias das cordas vocais.

Estes exames duram apenas alguns minutos, são indolores, e podem ser realizados com endoscópio rígido ou flexível, com ou sem anestesia local, e o médico irá avaliar qual a melhor forma e melhor modelo a ser usado em cada caso. O paciente fica sentado e acordado e não há necessidade de preparo prévio para sua realização, como a necessidade de jejum por exemplo. Após o término do exame o paciente poderá voltar as suas atividades normalmente.