SITUAÇÕES MUITO COMUNS NO CONSULTÓRIO SÃO DE PACIENTES QUE CHEGAM COM SENSAÇÃO DE OUVIDO TAMPADO, ÀS VEZES COM DOR ASSOCIADO, E DE “NÃO ESTOU OUVINDO DESTE LADO DRA”, DURANTE OU LOGO APÓS CRISES  ALÉRGICAS NASAIS , RESFRIADO, GRIPE OU RINOSSINUSITE .

È UMA ALTERAÇÃO QUE CAUSA UM INCOMODO MUITO, MAS MUITO GRANDE E DEIXA A PESSOA MUITO IRRITADA , QUERENDO ARRANCAR O OUVIDO E JOGAR BEM LONGE. E TUDO QUE ELA QUER NO MOMENTO É QUE O MÉDICO TIRE AQUELE INCOMODO IMEDIATAMENTE PARA ELA JÁ SAIR DO CONSULTÓRIO ALIVIADA.
POIS BEM, O QUE ISSO TEM A VER COM A MINHA ALERGIA NASAL?
TEM A VER QUE ELA PODE SER A CAUSA DA SUA PERDA AUDITIVA NAQUELE MOMENTO. COMO?

È IMPORTANTE A GENTE TER A NOÇÃO DA RELAÇÃO ENTRE OUVIDO E NARIZ PARA QUE POSSA ENTENDER BEM E NÃO QUERER MATAR SEU MÉDICO QUANDO ELE FALAR QUE NÃO VAI PODER RESOLVER SEU DESCONFORTO NAQUELE EXATO MOMENTO E PIOR AINDA NÃO PASSAR NENHUMA GOTA PARA PINGAR NO OUVIDO!! . SIM, MEUS CAROS, NEM TODOS OS PROBLEMAS DE DOR E DESCONFORTO EM OUVIDO SÃO TRATADOS COM GOTA OTOLÓGICA. ENTENDA PORQUE.

O OUVIDO PODE SER DIVIDIDO EM PARTES QUE SÃO OUVIDO EXTERNO, OUVIDO MÉDIO E OUVIDO INTERNO. O OUVIDO EXTERNO É FORMADO PELO PAVILHÃO AURICULAR E O CONDUTO, QUE COMEÇA NESSE ORIFÍCIO EXTERNO QUE A GENTE VISUALIZA (E QUE NÃO PODE COLOCAR COTONETE) ATÉ O TÍMPANO OU MEMBRANA TIMPÂNICA.

A PARTIR DO TÍMPANO PRA DENTRO É A ORELHA MEDIA, QUE SE COMUNICA COM O NARIZ ATRAVÉS DA TUBA AUDITIVA. ENTÃO, O OUVIDO MÉDIO “RESPIRA” PELO NARIZ, ATRAVÉS DA TUBA AUDITIVA, QUE É UM TUBO COM COMPONENTE MUSCULAR QUE  SE COMUNICA COM A PARTE POSTERIOR NAS FOSSAS NASAIS.

A ORELHA INTERNA É A PARTE QUE FICA MAIS PRÓXIMO AO CÉREBRO E ONDE ESTÃO AS CÉLULAS RESPONSÁVEIS PELA AUDIÇÃO E O LABIRINTO, QUE É RESPONSÁVEL PELO EQUILÍBRIO.

PORTANTO, A ALERGIA PODE AFETAR SEU OUVIDO E SUA AUDIÇÃO SIM , NOS SEGUINTES CASOS:

1-PROMOVENDO UMA IRRITAÇÃO, DESCAMAÇÃO E INCHAÇO DO CONDUTO AUDITIVO EXTERNO , DEIXANDO ELE “ FECHADO” E IMPEDINDO O SOM DE CHEGAR ATE O OUVIDO MÉDIO E INTERNO. NESTE CASO O TRATAMENTO É COM LIMPEZA (REALIZADA NO CONSULTÓRIO COM SEU MÉDICO) E GOTA OTOLÓGICA.

2- A ALERGIA PODE CAUSAR CONGESTÃO NASAL COM SECREÇÃO E CORIZA, E ESTA SECREÇÃO MIGRAR PARA O OUVIDO MÉDIO (LEMBRA QUE TEM TUBA AUDITIVA LIGANDO OS DOIS?). ESSA MESMA SECREÇÃO PODE FICAR PRESA LÁ NO OUVIDO. NESTE CASO NÃO ADIANTA PINGAR GOTA NO CONDUTO PORQUE O PROBLEMA ESTÁ ATRÁS DO TÍMPANO. TEM QUE SER FEITO TRATAMENTO COM COMPRIMIDOS, EM GERAL ANTI-INFLAMATÓRIOS.

3- ESSA TUBA AUDITIVA PODE SER AFETADA PELA REAÇÃO ALÉRGICA E TAMBÉM FICAR INCHADA E NÃO FUNCIONANDO BEM, DEIXANDO O LIQUIDO QUE DEVERIA SER DRENADO DO OUVIDO PRO NARIZ SE ACUMULAR NO OUVIDO MÉDIO.

4- MAIS RARO , PORÉM POTENCIALMENTE MAIS GRAVE É QUANDO ATINGE A ORELHA INTERNA. COMO É NESSA PORÇÃO QUE ESTÃO AS CÉLULAS DA AUDIÇÃO O PROBLEMA PODE SER IRREVERSÍVEL E SER ACOMPANHADO DE TONTURA E ZUMBIDO. NESTES CASOS REQUER UMA INVESTIGAÇÃO ADICIONAL COM SEU OTORRINO PARA DIRECIONAR MELHOR O TRATAMENTO.

ENTÃO, TRATAR AS ALERGIAS RESPIRATÓRIAS ADEQUADA E PRECOCEMENTE, PRINCIPALMENTE NASAIS,EVITA O COMPROMETIMENTO DA AUDIÇÃO E O AGRAVAMENTO DO QUADRO PARA INFECÇÕES MAIS GRAVES. IMPORTANTE FRISAR QUE NESSES CASOS AS ALTERAÇÕES AUDITIVAS PODEM SER TRATADAS E OS SINTOMAS DESAPARECEREM COMPLETAMENTE.

ABRAÇO A TODOS.